Pastel: chinÍs ou japonÍs?

Atť hoje muitos se perguntam se o famoso pastel de feira ť chinÍs ou japonÍs, mas sua origem ainda ť incerta.

Por Mie Francine Chiba

Fonte: spcuriosos.com.br; mundoestranho.abril.com.br

Publicado em 15/02/2019

Quem não gosta de acordar domingo de manhã e saborear um delicioso pastel de feira? Tradicional nas feiras, lanchonetes e bares brasileiros, o pastel teria origem asiática, como muitos já devem pensar. Segundo o site da revista Mundo Estranho, uma das hipóteses é que o pastel seja derivado na gyoza japonesa, uma espécie de pastel de massa cozida. Outra teoria é que o pastel tenha tudo origem nos rolinhos primavera chineses.

No Brasil, o pastel teria ganhado popularidade durante a 2ª Guerra Mundial quando os imigrantes japoneses desembarcaram no País. Ainda segundo a revista, ao chegarem aqui, os nipônicos teriam decidido montar pastelarias, tipicamente chinesas, para “disfarçar” sua origem, já que os japoneses sofriam preconceito por terem lutado ao lado do Eixo durante a Segunda Grande Guerra.

Mas segundo conta o jornalista Marcelo Duarte, no site São Paulo para Curiosos, o pastel já era feito por chineses em São Paulo em 1890. De acordo com o jornalista, há ainda oura teoria para a origem do pastel: conforme ele, o pastel teria sido trazido pelos europeus, durante a colonização. Só Portugal teria mais de 15 receitas de massas fritas recheadas. Porém, o pastel como conhecemos, só veio a surgir mesmo no início do século 20.

O tradicional pastel de carne ou de queijo continua sendo a preferência nacional, mas diversas lanchonetes já colocam sua imaginação para funcionar e criam recheios cada vez mais criativos, doces ou salgados. Siga as receitas abaixo e aprenda a fazer o seu pastel em casa!

Como fazer massa de pastel

Pastel de carne

 

Pastel de espinafre com ricota