Os mapas sobre o Coronavírus

Quer se manter informado sobre a disseminação do Coronavírus pelo mundo? Confira:

Publicado em 13/03/2020

O coronavírus é a grande preocupação atual do mundo. A doença chamada como COVID – 19, teve suas primeiras manifestações na cidade de Wuhan, localizada na China central. Atualmente o vírus já se espalhou por 114 países, registrando 118 casos e mais de 4.000 mortos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou que está em curso uma pandemia do COVID-19. O termo é utilizado para descrever uma situação em que uma doença infecciosa ameaça simultaneamente muitas pessoas ao redor do mundo. A humanidade enfrenta as pandemias há muito tempo. Um importante exemplo foi em 1580, quando um vírus do tipo influenza, que causa gripes, surgiu na Ásia e se espalhou para os outros continentes. O que caracteriza uma pandemia não é a gravidade que da doença causado por ele, mas sim o seu fator geográfico, quando pessoas do mundo inteiro estão em situação de vulnerabilidade de contaminação.

Para acompanhar em tempo real a evolução do número de casos confirmados pelo mundo, a Universidade de Johns Hopkins (EUA) no seu Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas, desenvolveu um mapa detalhado que possui gráficos atualizados a todo momento com base nos dados fornecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e dos diferentes centros de controle da doença em diferentes países. (Clique aqui para acessar o mapa)

Outro mapa é o “Novel Coronavirus map”, criado pela canal de notíciais “Channel News Asia”. Ele também possibilita acompanhar em tempo real a disseminação da doença. Além de mostrar a atualização dos casos em cada país, ele possuí um infográfico que permite acompanhar às últimas notícias a respeito do coronavírus. (Clique aqui para acessar o mapa)

O que fazer para evitar o contágio?

- Lavar as mãos com frequência, com água e sabão. Alcool em gel funciona também

- Tossir cobrindo a boca e o nariz com o cotovelo flexionado

- Evitar tocar nos olhos, bocas e nariz

- Evitar aglomerações e manter distância das pessoas que estão doentes

- Evitar viagens, se possível

Voltar
>