Mogli e a relação Sociedade-Natureza

Adaptado da animação de 1967 e d´O Livro da Selva, de 1894, o longa impressiona pelo fotorealismo produzido com computação gráfica e traz importantes mensagens que apelam para a busca de um maior respeito pela natureza por parte da sociedade humana

Fonte: mogli-o-menino-lobo-e-a-relação-sociedade-natureza

Publicado em 21/07/2017

Sobre o filme

A estória do menino criado por lobos, contada n´O Livro da Selva (1894), do inglês Rudyard Kipling, já foi retomada em inúmeras adaptações para o cinema. Entre elas está uma animação da própria Disney, datada de 1967, em que os personagens são transformados em simpáticos e divertidos animais e Mogli se torna um menino franzino com o temperamento desafiador, teimoso e inquieto típico de crianças de sua idade e com coragem de um lobo.

O remake da animação dirigida por Jon Favreau (o mesmo diretor de filmes como O Homem de Ferro) tem elementos da animação e do livro de Kipling, de tom mais sério, alternando com belos cenários e paisagens da selva. O filme conta a história de Mogli, um garotinho que é encontrado na selva por uma pantera negra (Bagherah) e levado para ser criado por uma alcateia. Mogli cresce aprendendo a respeitar os valores dos lobos. Porém, o perigoso tigre Shere Khan não aceita que um humano viva com os animais na selva, e a alcateia decide que Mogli precisa ser enviado a uma aldeia de homens para se manter em segurança. O desenrolar do longa baseia-se na fuga do menino lobo com a ajuda de seus amigos animais.

Valores

Essa obra traz à tona uma pergunta instigante: o que nos diferencia dos animais? O conflito entre o lado humano e o lado animal do personagem principal, ajuda a nos questionarmos sobre relações contemporâneas da humanidade com a natureza.

Hoje não é mais possível dizer que ainda existe natureza intacta, ou que não tenha sofrido impacto causado pelos seres humanos. Tudo que a natureza-primeira (sem contato nenhum do sociedade) havia de intacto, atualmente com os avanços produtivos da sociedade industrial, não podemos mais retornar a esse ponto de origem.

Esse conflito está contido na história de Mogli, cujo fato do protagonista ser descendente de seres humanos é visto como um perigo em potencial pelos demais personagens e que precisa viver afastado da selva.

Em sua narrativa, o filme propõe essas questões como pano de fundo bem demarcado. Como seria um ser humano criado por animais, sem contato nenhum com a sociedade?

Esse é um filme interessante para se passar nas séries finais do Fundamental 1 ou nas iniciais do Fundamental 2, no sentido de estimular nos alunos a reflexão sobre a relação sociedade-natureza. A narrativa da história possibilita aos alunos se colocaram na posição do personagem principal, Mogli, e se enxergar imersos na selva, e verem os valores humanos serem conflitados com os das leis da natureza.

 

 

 

Voltar
>