Ceviche, o patrimônio cultural do Peru

Conheça a geografia da comida que tem aproximadamente dois mil anos e é patrimônio cultural do Peru.

Publicado em 24/05/2018

No Peru, o ceviche é uma comida preparada há mais de dois mil anos. Ele também pode ser chamado de “seviche” ou “sebiche”, sendo um dos pratos mais conhecidos e valorizados da culinária peruana. Os seus ingredientes mais tradicionais são: peixe branco cortado em pedaços, suco de limão, cebola roxa cortada em tiras finas, pimenta-aji, coentro picado e sal. Vem acompanhado de batata doce e milho, e é servido em um tipo de restaurante que se chama “cevichería”.

A palavra ceviche tem origem controversa. De acordo com o geógrafo peruano Javier Pulgar Vidal, o nome ceviche se origina dos povos indígenas da América Latina que se distribuem pela região andina, em especial no Peru, Bolívia e Argentina, os quíchuas. Esses povos utilizavam a palavra “siwichi”, cujo o significado seria pescado fresco. Porém, comenta o historiador Juan José Vega, que a origem do ceviche provém da palavra árabe “sibech”, que designa comida ácida, termo oriundo das mulheres mouras que foram para o Peru e acrescentaram ao ceviche suco de laranja azeda e, em seguida, suco de limão, pimenta-ají, peixe cru e algas peruanas preparadas pelos povos pré-hispânicos.

Deus da cultura Mochica

Segundo fontes peruanas, o ceviche se originou primeiramente na cultura pré-colombiana mochica, da civilização moche que floresceu no litoral norte do Peru entre 100 a. C. e o ano de 800 d.C. Conta-se que já nesta época se preparava um prato à base de pescado fresco que se cozinhava com suco fermentado de tumbo (Passiflora molíssima – uma fruta local). Posteriormente, no Império Inca, pescado era macerado com chicha (uma bebida alcoólica fermentada feita com milho e outros cerais, produzida pelos povos indígenas da Cordilheira dos Andes e da América Latina). Mais tarde, com a presença espanhola nestes territórios, foram adicionados ao prato ingredientes da cozinha mediterrânea: o limão e a cebola.

A origem do prato é disputada entre Peru e Equador. Isso porque o território de ambos os países faziam parte do Império Inca e além de terem abundante quantidade de peixes e mariscos na costa, localizadas geograficamente no litoral do Oceano Pacífico.

O ceviche é consumido praticamente em toda América Latina, países como Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Guatemala, Nicarágua, e Peru, sendo neste último um patrimônio cultural.

 

 

 

 

 

 

 

Gostou? Que tal preparar em sua casa seguindo esta receita:

CEVICHE (1 porção) Ingredientes: - 150 g de filé peixe branco (robalo, saint peter, corvina) - 1 col. chá de gengibre picado - 1 col. chá de salsão picado - 1 col. chá de pimenta dedo-de-moça picada - 1 col. chá de coentro picado - 100 ml de leite de tigre(*) - 2 col. sopa de cebola roxa em fatias - Sal e pimenta do reino. (*) Para o leite de tigre: - 500 ml de caldo de peixe - 500 ml de suco de limão taiti - 40 g de salsão - 40 g de gengibre - 2 dentes de alho - 1⁄2 cebola roxa - 1 pimenta dedo-de-moça - Aparas de peixe (opcional) - 2 col. sopa de coentro

Ingredientes: - 1 filét de Saint Peter ou peixe branco da sua preferência - 1/2 cebola roxa - Sal, pimenta do reino, Salsinha e Coentro a gosto - 1/2 pimenta dedo de moça - Suco de 4 limões

Voltar
>